top of page

Idosos e golpes digitais: 5 dicas valiosas para se proteger


Pessoa idosa confere o cartão de crédito diante do notebook
Golpes digitais

Cada clique, uma possível ameaça. Com o uso massivo de celulares e dispositivos tecnológicos, os idosos, infelizmente, tornaram-se alvos frequentes dos golpes digitais que se multiplicam nos emails e mensagens de texto. Diante desse cenário, é crucial que essa parcela da população adote medidas preventivas para não cair nas armadilhas dos criminosos digitais.


1. Desconfie de Cobranças e Alertas Repentinos:


Os golpistas muitas vezes utilizam táticas de intimidação, enviando mensagens com alertas de cobranças indevidas ou problemas urgentes. É essencial manter a calma e verificar diretamente com a instituição mencionada antes de tomar qualquer providência.


2. Atente-se a Comunicações Suspeitas:


Instituições bancárias geralmente não solicitam informações pessoais por mensagens de texto ou telefonemas. Caso receba alguma solicitação desse tipo, é prudente confirmar a autenticidade da mensagem diretamente com o banco, evitando compartilhar dados sensíveis.


3. Mantenha-se Informado sobre Golpes Comuns:


Conhecimento é uma ferramenta poderosa. Os idosos podem se proteger melhor ao estar cientes dos golpes digitais mais comuns. Ficar informado sobre as estratégias utilizadas pelos golpistas aumenta a capacidade de identificar situações suspeitas.


4. Utilize Ferramentas de Segurança:


Adotar softwares antivírus e firewalls ajuda a proteger os dispositivos contra malware e tentativas de phishing. Manter essas ferramentas atualizadas é fundamental para garantir uma camada extra de segurança online.


5. Educação Digital:


Investir tempo em aprender sobre segurança digital é uma defesa valiosa. Os idosos podem participar de workshops ou cursos online que ensinem práticas seguras na internet, capacitando-os a reconhecer e evitar potenciais ameaças.

Comments


banner internet niteroi 450 anos shows 300x250px 6 11 23.jpg
bottom of page