top of page

Presidente Lula visita RS pela segunda vez após tragédia das enchentes


Foto: Arquivo pessoal/ Divulgação

As fortes chuvas que assolam o Rio Grande do Sul deixaram um rastro de destruição, com o número de mortes subindo para 83, segundo o boletim atualizado da Defesa Civil estadual às 9h desta segunda-feira (6).


Além disso, outros quatro óbitos estão sob investigação para determinar se estão relacionados aos eventos meteorológicos da última semana. A situação é preocupante, com 111 pessoas ainda desaparecidas e um total de 345 municípios gaúchos afetados pelas tempestades.


Mais de 850,4 mil pessoas foram impactadas, e o estado registrou 21.957 desalojados, 19.368 temporariamente abrigados e 276 feridos.


Nesse domingo (5), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou que a reconstrução das rodovias destruídas pelas enchentes no Rio Grande do Sul terá apoiio do governo federal, inclusive das estradas administradas pelo estado. Acompanhado de uma comitiva de representantes dos Três Poderes, Lula disse que as verbas estão garantidas e prometeu reduzir a burocracia para as obras.


“Não haverá impedimento da burocracia para que a gente recupere a grandeza deste estado”, destacou Lula, que também pediu que as autoridades públicas, de agora em diante, atuem de maneira preventiva para reduzir o impacto de eventos climáticos extremos. “É preciso que a gente pare de correr atrás da desgraça. É preciso que a gente veja com antecedência o que pode acontecer de desgraça para gente poder trabalhar”, acrescentou.


Esta é a segunda visita de Lula ao Rio Grande do Sul desde o início das enchentes. Na quinta-feira (2), o presidente esteve em Santa Maria, região central do estado, para acompanhar os trabalhos de resgate e assistência às vítimas.



Para quem deseja doar o governo do Rio Grande do Sul disponibilzou uma conta, a mesma do ano passado. Você pode fazer a sua contribuição para a chave PIX (CNPJ: 92.958.800/0001-38). Até o momento já foram arrecados R$ 38,2 milhões. Os recursos serão integralmente destinados para o apoio humanitário às comunidades afetadas pelas cheias, segundo a autoridade estadual.



Com informações da Agência Brasil

Komentáře


banner internet niteroi 450 anos shows 300x250px 6 11 23.jpg
bottom of page