top of page

Operação "Voltando em Paz": Novo Grupo de repatriados de Gaza chega ao Brasil

(Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

Nas primeiras horas desta segunda-feira, mais um grupo de brasileiros foi repatriado da Faixa de Gaza, marcando mais uma etapa da Operação "Voltando em Paz". O avião KC-30, da Força Aérea Brasileira (FAB), aterrissou na Base Aérea de Brasília às 3h47, trazendo consigo 48 pessoas resgatadas.


O grupo é composto por 11 pessoas com dupla cidadania (Brasil-Palestina) e 37 palestinos, familiares de cidadãos brasileiros. A bordo estavam 27 crianças e adolescentes, 17 mulheres (incluindo duas idosas) e quatro homens adultos. Destaca-se ainda a inclusão de uma jovem de 22 anos, que se encontrava no Egito, filha de uma das repatriadas que estava em Gaza.


Após receberem autorização no último sábado para cruzar a fronteira de Rafah, no sul de Gaza, em direção ao Egito, o grupo seguiu por ônibus até o Cairo, de onde embarcaram para o Brasil. O itinerário foi elaborado em conjunto pelo governo brasileiro, a Força Aérea Brasileira e autoridades locais.


De acordo com o Itamaraty, dos 102 nomes enviados às autoridades israelenses, 24 não receberam autorização para atravessar a fronteira, incluindo sete palestino-brasileiros, a maioria sendo homens. As razões para a negação não foram esclarecidas pelas autoridades israelenses, e não há previsão de novos voos de repatriação no momento.


Acolhimento e Apoio em Brasília

Os repatriados serão inicialmente acolhidos em Brasília, onde permanecerão de dois a três dias. Durante esse período, receberão apoio psicológico, imunização, auxílio na documentação e terão a oportunidade de estabelecer contato com familiares e parentes. Aqueles sem referência serão direcionados para instituições do Sistema de Assistência Social, garantindo suporte necessário para reconstruir suas trajetórias após enfrentarem uma situação complexa em Gaza.


André Quintão, secretário nacional de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), enfatizou a importância desse suporte inicial.


"Estamos trabalhando com o propósito de proporcionar paz e tranquilidade ao povo de Copacabana. Nossa primeira etapa é oferecer apoio psicológico, imunização e auxiliar na documentação. Queremos garantir a melhor integração possível dessas pessoas em nossa sociedade", destacou Quintão.


Histórias de Superação e Resiliência

Entre os repatriados está Yasmeen Rabee, irmã de Hasan Rabee, que chegou anteriormente ao Brasil com a esposa e os filhos em outra etapa da Operação "Voltando em Paz". Emocionada, Yasmeen compartilhou suas experiências e agradeceu pelo resgate.


"Bombardearam nossa casa, ficamos sem comida e sem um lugar fixo para morar. A situação em Gaza é terrível; você dorme sem saber se vai acordar. Perdi muitos amigos, minha tia e os filhos dela", relatou Yasmeen, destacando a gravidade da situação na principal zona de ataques.


A Operação "Voltando em Paz" já repatriou 1.524 brasileiros e palestino-brasileiros da Faixa de Gaza e de cidades israelenses desde o início do conflito, incluindo 53 animais domésticos. Até o momento, a Força Aérea Brasileira realizou 11 voos de repatriação, demonstrando o compromisso do governo brasileiro em auxiliar seus cidadãos em situações de crise.


Esta matéria é baseada em informações da Agência Brasil (EBC).

Comments


banner internet niteroi 450 anos shows 300x250px 6 11 23.jpg
bottom of page