top of page

Niterói chora a perda de Labouré Lima, fundadora da Editora Muiraquitã

(Foto: Bia Guedes - Agencia O Globo)

No último domingo (18), aos 71 anos, Maria Labouré Almeida Lima Ribeiro partiu, deixando um legado de dedicação à cultura e à literatura. Fundadora da renomada editora Muiraquitã, a mais antiga de Niterói, Labouré foi uma figura inspiradora para escritores locais, dedicando-se incansavelmente a destacar suas obras.


Com mais de duzentos títulos publicados desde a inauguração da editora, em 1991, encontrou na Muiraquitã sua verdadeira paixão pelos livros. Para ela, ajudar escritores a realizar o sonho de ver suas obras publicadas era uma missão que espalhava felicidade.


Além de seu trabalho na Muiraquitã, Labouré teve uma carreira marcante na televisão, participando de programas icônicos dos anos 70, como "Moacyr Franco Show", "Chico City" e "Faça Humor, Não Faça Guerra". Foi em uma visita à editora da Enciclopédia Britânica que ela se encantou pelo mundo editorial e decidiu dedicar-se a ele.


Querida por escritores e artistas, ela era membro de várias instituições literárias de Niterói. Atualmente, estava passando uma temporada no Ceará, onde moram suas filhas, genro e neta. Seu funeral será realizado por cremação na cidade.


Em 8 de março, uma merecida homenagem será prestada a Labouré Lima em Niterói, provavelmente na Jones Choperia, na Ponta d'Areia, casa comandada por seu sobrinho e afilhado, Brian Jones.

Comentários


banner internet niteroi 450 anos shows 300x250px 6 11 23.jpg
bottom of page