top of page

Educação de Maricá Avalia Plano Nacional em Conferência Extraordinária


(Foto: Anselmo Mourão)

A Secretaria de Educação da Prefeitura de Maricá realizou no dia 31 de outubro a etapa municipal da Conferência Nacional de Educação Extraordinária (Conae) 2024. O evento teve como tema central "Plano Nacional de Educação 2024-2034: Política de Estado para a garantia da educação como direito humano com justiça social e desenvolvimento socioambiental sustentável" e aconteceu em colaboração com o Fórum Municipal Permanente de Educação (FME) na Universidade de Vassouras, Campus 2, no Flamengo.


O objetivo principal da etapa municipal da Conferência foi fazer uma avaliação da implementação do atual Plano Nacional de Educação (PNE) e, ao mesmo tempo, contribuir com ideias para a definição de diretrizes, metas e estratégias que nortearão o PNE no período de 2024 a 2034. Durante as plenárias, diretores, professores, servidores, representantes de sindicatos e membros da comunidade escolar debateram questões relacionadas a sete eixos temáticos e selecionaram os delegados que representarão o município na fase estadual da conferência.


O secretário de Educação, professor Márcio Jardim, enfatizou a importância desse evento como um espaço de encontro para defensores da educação. Ele declarou: "Hoje reunimos novamente os defensores da educação do Brasil e de Maricá. A democracia é valiosa justamente por permitir a formulação de ideias e propostas".


Os eixos temáticos debatidos nas plenárias incluíram ações integradas e intersetoriais em regime de colaboração interfederativa; a garantia do direito de todas as pessoas a uma educação de qualidade com justiça social; educação, direitos humanos, inclusão e diversidade; gestão democrática e qualidade na educação, abordando regulamentação, monitoramento e avaliação; valorização dos profissionais da educação; financiamento público da educação pública; e a educação comprometida com a justiça social.


Verônica Machado, uma das coordenadoras dos fóruns, ressaltou a relevância da Conae 2024 como um espaço crucial para a discussão das políticas educacionais em todo o país. "A Conae 2024 é de extrema importância para a educação em todo o Brasil, uma vez que representa o reinício das discussões das políticas públicas educacionais pela sociedade. Muitos acontecimentos interromperam o cumprimento do Plano Nacional de Educação (PNE). Aqui, temos a presença de todas as partes envolvidas em busca da qualidade na educação básica e no ensino superior, buscando a inclusão, a equidade e a justiça social", afirmou Verônica.


Durante sua participação na plenária, William Peter, de 39 anos, destacou a importância de ampliar o debate sobre discriminação racial e religiosa nas escolas. Ele enfatizou: "Dou aulas sobre discriminação racial e religiosa. Acredito que é fundamental ampliar a discussão desses temas na grade curricular escolar e eliminar o tabu ainda presente. Uma criança que sofre racismo na escola leva esse trauma para a vida e isso pode resultar em outros problemas. Precisamos abordar esses assuntos, ensinar e corrigir para que o preconceito não ocorra nas escolas e, ao mesmo tempo, fortalecer as vítimas".

Comments


banner internet niteroi 450 anos shows 300x250px 6 11 23.jpg
bottom of page