top of page

Dia Mundial sem Tabaco: Niterói oferece tratamento a quem quer parar de fumar

Nesta quarta-feira, 31 de maio, é comemorado o Dia Mundial sem Tabaco. Em Niterói, quem deseja parar de fumar conta com o apoio do Programa de Controle de Tabagismo, da Prefeitura da cidade. O programa, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde, oferece tratamentos integrais e gratuitos para todos os usuários fumantes.


O atendimento inclui uma consulta inicial individual, abordagem cognitivo-comportamental e tratamento farmacológico de apoio. Ivanilda Bianchini Aurélio, 70 anos, faz parte do grupo de tabagismo da Policlínica Regional Sérgio Arouca e conta como foi o processo de parar de fumar.


Foto: Alex Ramos

"Eu fiz 70 anos este mês e tinha prometido a mim mesma que chegaria a esta idade sem cigarro. Há alguns meses, fiz uns exames e estava tudo bem. Mas percebi que não poderia esperar ficar doente para parar de fumar e precisava de ajuda, porque fumava há 50 anos, é muito tempo. Fui muito bem acolhida e levei sete semanas para conseguir parar, conseguindo sucesso aos poucos. Achava que não ia conseguir, mas o responsável pelo grupo sempre me incentivava. Graças a Deus, nunca mais fumei e nem quero saber de cigarro. Com o dinheiro que gastava, estou investindo em mim. Estou fazendo hidroginástica, pilates e musculação", conta Ivanilda.


Outro participante do programa, Ricardo Lettre, de 60 anos, relata que o processo de parar de fumar foi muito difícil, mas com o apoio ele conseguiu. "Estou no grupo há mais de um ano, ou seja, é a terceira vez que venho. Fiquei duas vezes sem fumar, fiquei dez meses, voltei e agora estou há um ano, 67 dias e uma hora sem fumar, o que equivale a 432 dias sem fumar, 13.826 cigarros evitados, R$ 3.975 economizados e 57 dias de tempo recuperados. O grupo me fez voltar a viver, porque eu fumava a qualquer hora, até acordava de madrugada para fumar. É muito difícil, tem que ter perseverança, força de vontade", afirma Ricardo, que fumava desde os 15 anos de idade.


Segundo a secretária municipal de Saúde, Anamaria Schneider, o município de Niterói é atuante na luta contra o tabagismo há anos. "Trabalhamos com essa causa há anos. O morador que deseja parar de fumar encontrará assistência de profissionais respiratórios. Os interessados podem se inscrever nas unidades municipais que oferecem o programa", explica a secretária.


O tratamento contra o tabagismo em Niterói é oferecido nas seguintes unidades: Policlínicas de Itaipu, Carlos Antônio da Silva, Fonseca, Largo da Batalha, Sérgio Arouca, Engenhoca e Barreto, na Unidade Básica da Engenhoca, no Hospital Universitário Antônio Pedro e no Instituto Estadual de Doenças do Tórax Ary Parreiras.


O Dia Mundial sem Tabaco foi criado em 1987 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com o objetivo de alertar sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo. Em 2023, a campanha do Dia Mundial sem Tabaco tem como tema: "Precisamos de Comida, Não de Tabaco". Além de causar cerca de 8 milhões de mortes por ano, a cultura do tabaco prejudica a nossa saúde, a dos agricultores e a do planeta. A indústria do tabaco interfere nas tentativas de substituir o cultivo do tabaco por cultivos mais saudáveis e sustentáveis.


Niterói tem se destacado no combate ao tabagismo, oferecendo um programa abrangente e gratuito para ajudar os fumantes a abandonar o hábito. Com uma abordagem que combina apoio médico, psicológico e farmacológico, o Programa de Controle de Tabagismo da Secretaria Municipal de Saúde tem sido um recurso valioso para aqueles que desejam se livrar do vício.


Com iniciativas como o Programa de Controle de Tabagismo, Niterói mostra seu compromisso em promover a saúde e o bem-estar dos seus habitantes, oferecendo suporte e recursos para aqueles que desejam se libertar do vício do tabaco. No Dia Mundial sem Tabaco, é importante lembrar que parar de fumar é um passo significativo para uma vida mais saudável e livre das consequências do tabagismo.

Opmerkingen


banner internet niteroi 450 anos shows 300x250px 6 11 23.jpg
bottom of page