top of page

Canjica, munguzá, pé-de-moleque: conheça a origem das comidas juninas


Ingredientes das receitas juninas incluem milho, amendoim, arroz, abóbora e mandioca. Foto: Divulgação

A Origem das Comidas Juninas


As comidas típicas das festas juninas, como canjica, munguzá, pé-de-moleque e pamonha, são uma das principais atrações dos festejos. Esses pratos carregam consigo a história do Brasil e a miscigenação das culturas indígena, africana e europeia.


Ingredientes e Influências Culturais


Os principais ingredientes dessas receitas incluem milho, amendoim, arroz, abóbora e mandioca. O historiador Rafael Gonçalves destaca a importância desses alimentos, especialmente o milho, cuja colheita coincide com os festejos juninos. “A festa junina tem essa origem europeia e foi transplantada para o Brasil pelos portugueses ainda durante o período colonial, mas tem aqui uma grande aderência, principalmente no caso do milho", explica Gonçalves.


Contribuição dos Povos Originários


A tradição das comidas de milho também está ligada aos povos originários da América, que popularizaram o cultivo e as formas de beneficiamento do milho. Hoje, o Brasil é um dos maiores produtores de milho do mundo, refletindo essa abundância na variedade de receitas típicas das festas juninas.


Diversidade Regional nas Receitas Juninas


A variedade de pratos juninos varia conforme a região do Brasil, ganhando novos ingredientes e formas de preparo. Regina Tchelly, fundadora do projeto Favela Orgânica, destaca que a diversidade dos pratos reflete a acolhida de pessoas de várias partes do Brasil. “O Brasil inteiro tá aqui. Tem comida mineira, baião de dois do Nordeste, cuscuz doce do Rio de Janeiro, e muito bolo de milho. As pessoas estão aprendendo a aproveitar melhor os alimentos”, relata Tchelly.


Com informações da Agência Brasil

Comments


banner internet niteroi 450 anos shows 300x250px 6 11 23.jpg
bottom of page